Se eu fugi (por Karine Rosa)

Lú Morangon

1a

“A sua respiração na minha nuca no meio da nossa primeira noite juntos me deu um arrepio na espinha que só dá quando algo muito grande vai acontecer. Eu fingia que dormia, mas, na verdade, sentia um medo desesperador. E se você fosse, e se não voltasse, e se provasse ser tudo o que eu não aprovo em um homem, e se fosse dessas pessoas que até tenta amar, mas não consegue? Pior: e se eu te amasse mais do que todas as vezes que já amei?

Então eu levantei da cama em silêncio e peguei minha calcinha jogada pelo quarto. Cacei o vestido amassado que você arrancou ainda na sala, quando a gente já não sabia ao certo que raios estava fazendo. E corri. Morrendo de medo de me desacostumar com o fato de ser melhor sozinha do que a dois.  Apavorada com a ideia de sentir vontade de…

Ver o post original 247 mais palavras

Anúncios
por klawsdoher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s