wpid-timmaia1973xn4-2010-11-8-04-0012.jpg

Alguns leitores deste blog me acusam de forçar a barra para encaixar a temática da morte em algumas canções que falam apenas de amor. Mas o que ocorre aqui é o exato contrário: VOCÊS é que forçam a barra ao não quererem encarar a verdade. Vocês é que não percebem que falam de morte até quando acham que falam de amor e outra coisas. Portanto, nem adianta quererem discutir: a canção “Gostava tanto de você”, eternizada na voz de Tim Maia, é mais uma canto fúnebre SIM, triste SIM, que tem a morte como elemento central SIM. Pois somente sob esta ótica a letra desta conhecida campeã de rodas de violão faz algum sentido.

Primeiro, atentem para o tempo verbal do título e do refrão. O nosso personagem GOSTAVA de alguém, o que pode ser entendido de duas formas: quem canta gostou de alguém e agora não gosta mais ou…

Ver o post original 815 mais palavras

Anúncios
por klawsdoher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s